(11) 3571.0757
(11) 2359.0300
(11) 98257.7752



As 10 melhores invenções tecnológicas de 2012

Em 2012, cientistas e inventores foram os responsáveis por milhares de inovações na tecnologia, saúde ou ciência, em diversas partes do mundo. Por isso, EXAME.com realizou uma pequena seleção com dez invenções que já deixaram o papel (ou estão quase lá), mas que vão invadir, em breve, o mercado. Aí estão elas:

Google Glass – Os óculos de realidade aumentada do Google vão permitir o acesso à internet através de suas lentes. Usuários poderão, por exemplo, fotografar exatamente o que estão vendo, visualizar mapas, acessar a agenda de contatos, receber notificações de mensagens e até participar de chamadas em vídeo. Tudo controlado através de comandos de voz. 

Lytro CameraLytro Camera – A câmera digital Lytro inovou não apenas em seu design, bem diferente dos dispositivos convencionais, mas também no modo de captura de fotos. O aparelho permite que seu usuário registre uma imagem e que se escolha, depois, qual o ponto de foco. As câmeras digitais disponíveis no mercado focalizam objetos apenas em uma determinada área. A Lytro, porém, é capaz de compreender todo o campo de luz, em todas as direções, e é isso que permite que se escolha qual região da imagem receberá o foco. A Lytro chegou ao mercado americano este ano e custa entre 500 e 400 dólares. 

Carro na estradaCarro na estrada – Desenvolvido pela Goodyear, a tecnologia chamada Air Maintenance fará com que o pneu reconheça quando a pressão interna estiver baixa e irá então, automaticamente, inflar até retornar ao normal. A tecnologia envolve um regulador de pressão, que ficará dentro do pneu, e que abre e fecha automaticamente. É ele que permite a entrada de ar até que o pneu atinja a pressão normal. Todo esse processo irá acontecer sem que o condutor perceba qualquer mudança em seu veículo. Essa tecnologia ajudará a reduzir o consumo de combustível, contribuindo para uma diminuição nas emissões de gás carbônico e uso de petróleo. 

LeapGadget que controla monitor através de gestos – O gadget Leap inovou na maneira como as pessoas interagem com seus computadores. Através de um pequeno sensor de movimentos, usuários conseguem controlar e realizar ações precisas em uma distância de até 0,6 metro cúbico, em monitores de PCs e Macs. Segundo a Leap, ao invés de detectar o movimento do corpo, tal qual o Kinect, da Microsoft, o pequeno aparelho é capaz de monitorar os gestos realizados apenas pelas mãos e dedos do usuário. O resultado é que é possível controlar computadores com gestos em três dimensões e com precisão até 200 vezes maior que outros sensores do gênero. 

Câmera esféricaCâmera esférica – Uma bola de borracha que tem sido vista como uma ferramenta poderosa. Ela vai assumir o posto de olhos de policiais, bombeiros e soldados, evitando que estes indivíduos coloquem sua integridade física em risco. Equipada com 6 câmeras e com sensores capazes de detectar a qualidade do ar e temperatura local, ela envia o quadro completo de dados diretamente para um dispositivo móvel. Esta tecnologia permitirá, por exemplo, que um bombeiro tenha pleno conhecimento acerca das condições de um prédio em chamas, dando-lhe a chance de entrar no local preparado para enfrentar a situação. 

OlhosImplante transforma texto em braile – Depois de implantes de retina, muitos pacientes têm dificuldades em entender textos tradicionais. Para ajudar na adaptação, pesquisadores trabalham em uma tecnologia que irá transformar tudo em braile. O sistema usa inovações trazidas pela tecnologia Argus II, que faz o mesmo através de um conjunto de eletrodos implantados nos olhos, uma câmera acoplada a um par de óculos e um computador portátil, que processa o vídeo em tempo real e cria as letras em braile. A nova tecnologia, porém, seria totalmente implantada nos olhos. Ainda em fase de testes, os resultados foram promissores. Segundo a equipe, os participantes do estudo conseguiram identificar corretamente 90% das letras isoladas, 80% de conjuntos com duas letras, 60% de formações com 3 letras e 70% das palavras com 4 letras. 

Sutiã que detecta câncer de mamaSutiã que detecta câncer de mama – Este sutiã é equipado com sensores capazes de detectarem alterações de temperatura na mama. Estas mudanças são muitas vezes causadas pelo aumento na quantidade de veias de sangue que correm no local e que se desenvolvem para alimentar as células cancerígenas. Tais alterações podem permitir a descoberta da existência de um tumor, muito antes de ele ser detectável via mamografias ou ressonâncias magnéticas. De acordo com a empresa fabricante, um teste envolvendo 650 participantes mostrou que o acessório foi eficaz em 90% dos casos. 

Owlet Baby MonitorMeia que monitora os sinais vitais do bebê – Um pequeno aparelho disfarçado de meia poderá revolucionar a vida de pais em todo o mundo, ele monitora os sinais vitais do bebê, como frequência cardíaca a o ritmo da respiração, oferecendo uma ferramenta importante para evitar casos de síndrome de morte súbita infantil. A meia é equipada com um oxímetro de pulso, que mede a quantidade de oxigênio no sangue, e, através da conexão sem fio, envia todas as informações para os dispositivos móveis dos pais, como smartphones, por exemplo. A tecnologia ainda está em fase de testes e aguarda a liberação do registro de patentes para ser vendida nos Estados Unidos. 

Teste rápido e caseiro de HIVTeste rápido e caseiro de HIV – Teste simples para a detecção de HIV. Em apenas 20 minutos e com um pouco de saliva, é capaz de detectar com eficácia de até 90% a presença do vírus da AIDS. O teste começou a ser comercializado em 2004 nos Estados Unidos, mas seu uso era restrito aos profissionais da saúde. Em 2012, porém, recebeu autorização do governo americano para que fosse comercializado em farmácias e, portanto, usado em casa. No Brasil, o teste já foi aprovado pela ANVISA, mas, segundo informações da empresa, não estará à venda diretamente para o público. 

LiquidGlideLiquidGlide – Desenvolvido por uma equipe do MIT, este líquido é uma substância comestível que ajuda os alimentos a escorregarem para fora do recipiente, evitando, assim, o desperdício de restos de comida que ficam presos no fundo de latas, por exemplo. De acordo com a equipe, a quantidade de comida desperdiçada em embalagens é enorme. Com a ajuda do LiquidGlide, será possível reduzir esse número e ainda ajudar na reciclagem de embalagens plásticas, que, para serem reaproveitadas, precisam estar limpas. O uso da substância, porém, irá além dos alimentos. Ainda segundo a equipe, estão testando o uso do LiquidGlide em materiais como vidro, metal e cerâmica. 

Fonte Exame.com